Clube de Regatas Vasco da Gama/1922

01/07/2011

.

.

* Localização

Careta, ano 15, número 709, 21 de janeiro de 1922

* Descrição

Clube de Regatas Vasco da Gama

* Comentário

Na virada dos séculos XIX-XX, novos heróis se apresentaram em uma cidade que se pretendia moderna. Não mais se tratavam de indivíduos frágeis, doentes, que trajavam roupas em excesso e cultivam apenas uma cultura literária. Novos modelos corporais, exibidos com orgulho, algo favorecido por vestimentas que deixavam entrever a nova compleição muscular, traziam a mensagem de um novo tempo e de novas posturas: a valorização da saúde, do ativismo, de uma certa ousadia.

O remo se apresentava como o esporte ideal para celebrar o novo Rio de Janeiro e ajudava a conformar uma forte relação entre uma identidade carioca e os usos divertidos do mar.

A belíssima foto acima, tirada provavelmente na Baía de Guanabara, exibe barcos do Clube de Regatas Vasco da Gama em meio a uma prova náutica, festival ou treino. Destaca-se o contraste entre as guarnições na horizontal, os remos na vertical e os remadores como dobradiças, tudo compondo um quadro de integração com a natureza, que remete à ideia de harmonia e ordem, noções tão mobilizadas por essa modalidade que fora rapidamente adotada pela burguesia urbana carioca.

.